Social Icons

                        twitterfacebookrss feedemail

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Análise (Review) - Guitarra Les Paul Strinberg CLP-79

Teste da guitarra modelo Les Paul Strinberg CLP-79 na Central do Rock

E aí pessoal, tudo em cima?

Desta vez vamos analisar um modelo muito solicitado pelos nossos leitores, que na verdade é um clássico das guitarras. Trata-se do modelo Les Paul da Strinberg, o CLP-79.

Relembrando, as guitarras Strinberg, são desenhadas nos Estados Unidos, fabricadas na China e distribuídas no Brasil pela Sonotec (www.sonotec.com.br).

Mais uma vez destacamos o acabamento da Strinberg, inigualável na faixa que preços que seus instrumentos se situam.

Esta guitarra tem corpo sólido (Basswood), coisa rara nos instrumentos chineses hoje em dia. Braço em Maple e escala em Rosewood e disponível em 6 (seis) cores, a saber: a) Sunburst; b) Cherryburst; c) Preta; d) Branca; e) Blueburst; e f) Dourada. É o modelo com o maior catálogo de cores da marca.

A parte elétrica é composta por 2 captadores Strinberg Humbcking estilo PAF, clássicos do modelo Les Paul, com 2 (dois) controles de volume e 2 (dois) controles de tonalidade. A chave tem 3 (três) posições (1 - Ponte (Treble); 2 - Ambos; e 3 - Braço (Rythm).


A ferragem é composta por uma ponte fixa tune-o-matic, com tarraxas (do tipo Die Cast).


Em comparação com outros modelos Les Paul (concorrentes) na mesma faixa de preço, notei algumas diferenças timbrísticas especialmente na captação da ponte. A Strinberg tem um corpo ligeiramente mais fino (e mais leve) que as concorrentes, fato que proporciona timbres mais agudos, mas nada tão significativo. Na captação do braço esta peculiaridade torna-se menos perceptível, fornecendo timbres gordos (cheios de grave), ótimos para solos. Neste caso, para mim, o timbre mais agudo e brilhante foi positivo, pois curto muito mais os sons de guitarra mais abertos e claros.

Já li muitas críticas sobre o fato do braço dela ser aparafusado, de que tira o sustain... etc. Ocorre que a fabricação de braço colado é mais cara, não necessariamente melhorando o timbre da mesma. A questão do sustain envolve muito mais questões do tipo de qualidade do encaixe do braço no corpo que uma técnica de fixação, entre outros motivos como o tipo de ponte. Assim, guitarras de ponte fixa possuem mais sustain que as guitarras de ponte móvel, e entre os modelos de ponte fixa, também há aqueles que são mais eficientes na sustenção que outros, mas isto é assunto para um outro artigo.

 Pense nisto: se braço aparafusado fosse um problema, todas Fenders e Ibanez do mercado teriam braço colado.


Em geral é uma guitarra muito bonita e bem acabada, especialmente na cor branca (minha favorita).

Pontos positivos: são muitos.
* Destaca-se o custo-benefício, pois custa de R$ 400,00 a R$ 550,00. Uma pechincha para uma guitarra de corpo sólido e com este nível de acabamento.

* Os captadores são muito equilibrados, com ótimo desempenho em todas as cordas e posições da chave seletora. O timbre é bem claro e definido, além de uma ótima sensibilidade e ataque. Foi uma ótima surpresa para mim que sou "ligadeiro".
* A aparência/design também é um destaque, a guitarra é simplesmente linda.

Pontos negativos:
Por se tratar de uma categoria de instrumento mais econômica, obviamente algumas peças não são tão bem acabadas quanto nos instrumentos "top". Insisto na tese geral de que para os instrumentos Strinberg subirem muitos níveis, basta tão somente um investimento em ferragens melhores. Obviamente, isto elevaria também os preços.

Concluindo, é um instrumento cujos pontos positivos ultrapassam de longe os negativos. No geral, poderia concluir que é uma compra de excelente custo-benefício. Certamente, o instrumento é indicado para o público iniciante e intermediário. Porém, assim como as outras guitarras Strinberg que testei até o momento, eu não tenho receio algum de "colocá a guita na estrada" e até mesmo realizar gravações profissionais. Como o corpo é muito bem construído e bem acabado (além de ser sólido), ela responde muito bem aos upgrades, que pode ser uma boa opção para quem deseja um instrumento mais "parrudo".

Breve publicarei os vídeos com ela, aguardem.

NOTAS (de 1 a 10):

Design/Aparência/Acabamento: 9
Construção/Robustez: 9
Definição/Qualidade do timbre: 9
Tarrachas: 6
Ponte: 7
Custo-benefício: 10

MÉDIA/NOTA FINAL: 8,33

PONTUAÇÃO: Péssimo (1-2), Ruim (3-4), Bom (5-6), Ótimo (7-8), Excelente (9), Excepcional (10)

Obs.: Vale lembrar que um equipamento cuja MÉDIA/NOTA FINAL fique acima de 6 pode ser considerado um equipamento satisfatório, e acima de 8 poderá ser classificado como de uso profissional.


Um abraço!


Elvis Almeida
Guitarrista - Endorsee Strinberg
www.elvisalmeida.com


PARA VOCÊ:
Gostou desta matéria? Leia mais na seção REVIEWS

Assine o boletim e receba atualizações por e-mail!

Digite seu e-mail aqui:


Fornecido por FeedBurner
Verifique sua pasta "spam" caso não receba a mensagem de confirmação em até 30 minutos.

111 comentários:

  1. Valeu a participação Matheus. O review em vídeo já está sendo elaborado. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. ae vou comprar uma branca com certeza uma branca tmbm ! vlw pela dica pois fiquei duas horas ou mais só pesquizando sobre les paul ! eu so intermediário se Deus quiser musico pofissional vou ser com essa guitarra!

    VLW MESMO CARA VC TIROU MINHAS DÚVIDAS

    ResponderExcluir
  3. Caro Eveson... primeiramente, obrigado por participar de nosso portal. Que bom que este Review lhe foi útil.

    Desejo muito sucesso profissional para você!

    Elvis Almeida

    ResponderExcluir
  4. Eu que agradeço por existir músicos de pratica e intelecto avançado e ótimo como você,com certeza uma divulgação farei ! para que seu trabalho limpo com sua guitarra seja mais conhecido do que jaé ! Esculto pessoas me falando que é impossível fazer um solo quando faço um arpeggio ! E eu falo : que mesmo tendo o pulso meio que afetado por uma fratura na infância que me trás dores e baixa resistência , aquilo some não ligo, eu tenho dedicação, basta vc ter , pq não? Deus nos deu esse taleto por mas que não acredite, basta sabe aprimorar e usa-los da foma correta! VLW ELVIS ALMEIDA! BOTA UM VIDEO NA YOUTUBE COM trinberg Les Paul CLP 79 ! Ficarei grato se colocar ! e divulgarei seu trabalho de qualquer forma! abraços

    ResponderExcluir
  5. Tá na agulha a produção deste vídeo. Como tirei umas férias na primeira metade de dezembro de 2011, e a segunda metade, graças a Deus, foi de muitos shows, não consegui terminar a edição do vídeo.

    Assim que colocar a casa em ordem irei postar estes vídeos.

    Um abraço,

    Elvis Almeida

    ResponderExcluir
  6. Quais foram os termos avaliados para a note 7 na ponte? O vídeo está saindo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar Gabriel.

      Quanto ao vídeo... devo finalizá-lo em uma ou duas semanas.

      Quanto à ponte levei em consideração o acabamento e ajuste da regulagem. Quanto mais fino melhor. Também levei em comparação com uma top de linha (Gibson Les Paul Custom, por exemplo), que levasse um 10 como parâmetro máximo.

      Como disse no Review, o custo-benefício da marca Strinberg é realmente impressionante.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  7. Mas eu tenho uma e ela é um pouco pesada e atrapalha um pouco tem como eu reforma ela e deixa ela mas leve? e por a guitarra ser pesada imfluensia na qualidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, obrigado por participar Raylane.

      O peso influencia no voicing da guitarra. Madeiras com menos densidade tendem a ter um timbre mais agudo. Com mais densidade tendem a um timbre mais grave.

      Obviamente a captação também é um fator fundamental para o timbre.

      A única maneira de diminuir o peso seria trocando o corpo da guitarra. Mas o custo disso torna inviável, pois é praticamente o preço de comprar outra guitarra.

      A alternativa é utilizar alças (correia) mais largas e acolchoadas para diminuir o estresse muscular.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  8. Fala elvis adorei seu post cara muito claro e especifico bem detalhado de forma que todos possam entender com isso minhas duvidas acabaram e mais a branca é lindona mas prefiro a gold rsrs..... valew

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amigo, obrigado por participar.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  9. Fala Elvis saberia me dizer qual seria melhor a strinber clp 79 ou a golden gld series tenho visto falar muito bem dessa serie da golden obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar amigo.

      Não conheço esta série GLD da Golden, portanto, não tenho como opinar sobre sua qualidade.

      Quanto à Strinberg, o que se destaca é o custo-benefício... um ótimo acabamento, e costuma ser encontrada na Playtech por R$ 450,00 em média.

      Um abraço,

      Elvis Almeida

      Excluir
  10. fala ai elvis, beleza , meu nome é carlos li o seu post sobre essa guitarra e achei muito enteressante , vou compra ela , a preta , so poderia me explicar mais das notas para taraxa:6 e ponte:7
    e com uma bom pedal de efeito , posso fazer qualquer som ?
    valeu , Deus te abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente obrigado por participar amigo.

      A nota foi dada fazendo uma comparação com o hardware das guitarras top similares.

      Em geral o custo-benefício é o destaque das guitarras Strinberg.

      Este modelo é ideal para iniciantes e intermediários.

      O modelo Les Paul é bastante versátil, dá pra tocar estilos mais leves e mais pesados. A qualidade do seu som também passa pelo amplificador, talvez o recurso mais importante depois da guitarra.

      Um abraço,

      Elvis Almeida

      Excluir
  11. Fala elvis! Gostei muito de seus reviews, E queria perguntar se você não poderia fazer um review da strinberg clg 24, eu gostei muito dessa guitarra e gostaria de saber se ela é boa, pra que estilo musical e qual nota você daria nela. Desde já agradeço. Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não tenho previsão para a realização do Review da CLG 24. Obrigado por participar de nosso site. Um abraço.

      Excluir
  12. Olá Elvis
    Parabéns pelo review, estava com receio de comprar esse instrumento, mas decidi comprar, sera minha primeira guitarra, achei por 440R$, espero que ''quebre o galho''
    Um abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar amigo. Parabéns pela aquisição.

      Até mais.

      Elvis Almeida

      Excluir
  13. Respostas
    1. E aí Kaique, tudo blz?

      Pois é... até hoje nada hein... heheh.

      Infelizmente não foi possível finalizar o vídeo, pois estou trabalhando no meu primeiro CD, que aliás, está quase pronto.

      Assim, que terminar a produção do álbum... voltarei com tudo... e com muitas novidades por aí na Central do Rock.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  14. Respostas
    1. Como disse no comentário anterior, infelizmente não foi possível finalizar o vídeo, pois estou trabalhando no meu primeiro CD, que aliás, está quase pronto.

      Assim, que terminar a produção do álbum... voltarei com tudo... e com muitas novidades por aí na Central do Rock.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  15. E o video³? haha que chatos eim... ótimo review!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A partir de outubro voltarei com novos vídeos, inclusive para este review.

      Tive que interromper os vídeos para trabalhar no meu CD instrumental, que será lançado na Expomusic 2012, sábado dia 22 de setembro às 20:00h no estande da Sonotec.

      Até mais.

      Elvis Almeida

      Excluir
  16. Pesquisei muito antes de comprar essa guitarra,mas seu review foi decisivo na minha escolha.Muitos falam mal dessa marca/modelo,mas como sou iniciante(mesmo com 32 anos rs)achei um ótimo custo/benefício.Pretendo ficar com ela durante um ano e se eu sentir que evolui nesse tempo vou vende-la para ajudar na compra de uma superior e assim vou fazendo até chegar quem sabe numa Gibson rs.

    PS.:Também estou esperando por um vídeo/review.Um abraço e até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por deixar seu comentário Elzio. Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  17. ésta guitarra é boa para shows? eu ja estou a um bom tempo tocando e posso diser q sou profissional me falta apenas uma boa guitarra :) mais uma guitarra ótima custa caro.Axas que éssa guitarra me ajudaria? adoraria ter uma les poul mais que valece apena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta guitarra é indicada para o público iniciante até intermediário, e possui excelente custo-benefício, o melhor da categoria.

      Como todo o instrumento Strinberg ela surpreende pela qualidade do acabamento.

      Quanto à questão de tocar em shows, apesar de fazer parte de uma categoria de instrumentos econômica não vejo problema algum.

      Contudo, se você deseja um instrumento noutra categoria de acabamento, recomendo a CLG89T (Tele) que além de muito bonita tem um timbre fantástico.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  18. cara a analise ficou perfeita eu estava em duvida em relação a comprar ela,mas agora já me sinto mais seguro =D. Eu também gostaria de saber se é uma boa guitarra para iniciantes ( eu tenho dificuldade para tocar pois meus dedos são grossos e acabam abafando as outras notas). queria saber se é recomendada pra mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma guitarra excelente para iniciantes.

      Creio que a distância dos trastes não irá atrapalhá-lo a tocar.

      Mas se você estiver preocupado com a largura dos trastes, talvez seja melhor pegar a Tele CLG89T, que além de tudo é muito bem acaba e bonita.

      Atenciosamente,

      Elvis Almeida

      Excluir
  19. Elves qual e a melhor flying v ou essa les paul para tira solos tipo metallica e iron maiden?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que Iron Maiden vai ficar melhor na Les Paul.

      E Metallica vai ficar melhor na Flying V.

      Até.

      Elvis Almeida

      Excluir
  20. Primeiramente parabéns pela analise!
    Procurei bastante sobre essa guitarra e tava sempre meio a meio, alguns falam bem, outros falam mal... mais agente n sabe se o cara ja testou a guitarra pra tá falando dela!
    Sua analise era o que eu queria ler pra comprar ela, pois é minha primeira guitarra e sou iniciante, paguei 400 reais no site da playtech!
    Me tira uma duvida?
    Pra essa guitarra tocar 100% , tem q ser em um amplificador de 30w ??
    Vi mta gente falando q no de 15w ela n fica boa! !

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar e deixar seu comentário.

      Olha... a potência do amplificador em nada influencia a qualidade do timbre da guitarra (nem para melhor ou para pior).

      O importante é a qualidade do amplificador. Um amplificador de qualidade irá soar melhor que um outro inferior.

      Você já deve ter ouvido falar que o amplificador valvulado possui um timbre superior ao transistorizado.

      Não quer dizer que sejam melhores, mas que o som do valvulado é aquele que escutamos nos discos de Rock, Heavy... etc., e consequentemente, gostamos mais.

      Assim, existe uma quantidade razoável de amplificadores valvulados no mercado com potência entre 5W a 20W e com timbre excelente. Contudo, o preço de um valvulado, mesmo de 5W, é mais alto que de um transistorizado.

      Se você está começando, talvez não seja a hora de investir num valvulado. De repente, a melhor pedida é pegar um Marshall ou Crate transistorizado de 15W para estudos e ensaios. No futuro, você faz um upgrade.

      Espero ter ajudado.

      Elvis Almeida

      Excluir
    2. No inicio também fiquei na dúvida,muita gente fala mal dessa guitarra,mas depois de ler esse review acabei comprando.Também sou iniciante e não me arrependo nem um pouco em ter comprado,além dela comprei um amplificador da Roland(Cube 15XL).

      Excluir
  21. muito obrigado pela dica ae !!!
    ajudou bastante, eu pensei justamente nisso
    pois faço curso técnico de eletrônica e estou aprendendo justamente sobre amplificadores valvulado e transistorizado !!
    e estou fazendo o meu próprio pedal , mais dificil é achar componente eletronico na minha city kkkkk !!
    sobre o video q vc flw q ia fazer ... desanimou ?? dei uma pesquisada e vi q ja lançou seu cd " meu parabens " escutei na net e ficou mto bom !!
    se possivel , podeia fazer o video com ela limpa sem pedal , só guitar e amp ... e depois com algum pedal pra sentir as diferenças e o som da bixinha !!!
    abração Elvis !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda vou fazer o vídeo. Só que vai ficar para o ano que vem... ainda estou muito envolvido com o lançamento do meu CD... fechando shows... etc.

      Está anotada a sugestão para o vídeo.

      Até mais.

      Elvis Almeida

      Excluir
  22. Elvis..Gostaria de saber a diferença da Strinberg ..pra gibson..Além do preço é claro..Estou a procura dde uma guitarra..E vi q essa sai mais em conta.. Mas gostaria de saber uma comparação entre ambas..
    Vlww

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Regiane,

      a diferença é a marca, acabamento, ferragem, madeira, captadores... etc. Só a aparência é semelhante.

      As Strinberg visam atingir um público iniciante e intermediário.

      Há profissionais que usam Strinberg devido ao seu custo-benefício.

      As guitarras Strinberg possuem uma madeira e acabamento fantástico pela faixa de preço.

      As verdadeiras Gibson, além de ser de uma marca tradicional, são conhecidas por seu acabamento impecável em nível top.

      Cuidado com as Gibson falsificadas. Atraentes pelo preço (menos da metade de uma original), mas muito inferiores às Strinberg.

      Se você está procurando um instrumento bom, bonito e barato, recomendo a Strinberg.

      Um abraço,

      Elvis Almeida

      Excluir
  23. Olá, adorei seu site!(otimo visual e tals..)
    estou desejando uma dessas.. encontrei por 540(mudomax), mais o que me deixa mais com raiva e triste, é que tem poucas guitarras canhotas, e quando tem são caras. Obrigado.
    Mateus silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar amigo. Espero que encontre a guitarra canhota por um preço justo. Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  24. Mno,Você é Foda Demais.Vou Comprar o "Guitar Kit".
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-438555581-kit-guitarra-strinberg-les-paul-clp79-amplificador-7-itens-_JM
    Mas antes,queria esclarecer umas duvidas.O que realmente muda no som de uma guitarra sao os equipamentos? Elas nao tem diferenca mesmo? Esse Amplificador ai de 15w Ta bom?
    Uma Telecaster só serve pra musica country? -__-
    Qual seria melhor,comprar esse kit,uma telecaster tagima,ou uma Cort x-1??

    Por favor me responda,estou comecando agora,e essas questoes estão na minha cabeça ah dias...
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha este amplificador aí eu já testei e não gostei. É muito ruim. O Guitar Pack da Strinberg na Playtech talvez seja mais em conta.

      Até mais.

      Elvis Almeida

      Excluir
  25. Cara eu queria saber como funciona a chave de posições da clp-79...se colocar a chave no meio ela mescla os captadores??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... é isto mesmo.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  26. eu comprei ela com o amp da onerr 20tu block, de 20w...o que vc acha desse amp?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Iago, é um amp para estudos e ensaios.

      Como ele é leve e compacto é muito útil nestas situações.

      Até mais.

      Elvis Almeida

      Excluir
  27. qual a melhor qualidade dela?e ela é melhor na base ou no solo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão boa para solos quanto bases. Ideal para quem curte Classic Rock.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  28. Gostaria de saber se o braço da strinberg les paul é parafusado ou colado?

    ResponderExcluir
  29. Valeu pelo post. Eu tenho uma dourada e infelizmente ela caiu. Tirou uma lasca atrás. Parece q ela tá com um problema na afinação. Pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diogo, tudo bem?

      Que tipo de problema está na afinação... talvez serja melhor levá-la num luthier.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  30. qual a diferença entre a strinberg contra a gibson?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gibson original (existem falsificadas) são produzidas nos USA, e tradicionalmente equipam o setup dos guitarristas mais famosos no mundo.

      Strinberg são produzidas na China, mas possuem um excelente custo-benefício. Mas não se deve comparar as duas. São destinadas a públicos diferentes.

      As Gibson chinesas são falsificações grosseiras. A Strinberg é muito melhor e mais barata que uma falsificação.

      Atenciosamente,

      Elvis Almeida

      Excluir
  31. Olá, Elvis! Tudo bem? Estou pesquisando algumas guitarras para começar a estudar o instrumento pra valer. Até agora estou na dúvida de duas:
    Um kit montado pela PlayTech:
    http://www.playtech.com.br/ch/prod/25990/583/0/kit-strinberg-clp-79-+-combo-onerr-+-acessorios---gold-top.aspx
    Ou essa: http://www.playtech.com.br/ch/prod/vit_c/16223/265/59/0/guitarra-lp-shelter-nashville-305---vinho.aspx
    (E eu poderia montar com alguma das opções do compre junto).
    Então, como sou leiga no assunto, gostaria de sua opinião em relação a qual guitarra, amplificador e pedal escolher. Desde já agradeço-lhe pela ajuda e por esse espaço!
    OBS: O vídeo está pronto? Se sim, por favor, coloque o link na resposta!
    Obrigada, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nathalie, tudo bem?

      Analisando o custo-benefício, eu iria de Strinberg. Não é papo de endorsee não (risos).

      Veja bem pelo preço da Shelter você quase compra o kit da Strinberg, pronto para você começar a estudar.

      E posso te garantir que o acabamento da Strinberg é igual ou superior à Shelter.

      Quanto ao vídeo, já está passando da hora... já gravei um monte de vez, mas não gostei do resultado... não mostrou o verdadeiro potencial da guitarra.

      Quando tiver pronto, vou anexar ao review aqui.

      Um abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  32. Obrigado pela dica Elvis, acabei de realizar um sonho de adolescente, comprei uma Strinberg Les Paul "branca", linda! Finalmente vou aposentar minha JENNIFER Strato! Abraço!

    ResponderExcluir
  33. Boa tarde Elvis.
    A muuuito tempo, tinha vontade de aprender instrumentos de cordas.. esse mês peguei uma Austin Stratocaster Eagle só pra quebra o galho.

    mas quero comprar essa Les Paul, (branca), mas eu uso minha atual guitarra em um Home Theater, de 50W,

    Tem muita diferença pra um amplificador "própio" pra guitarras?

    porque o Som daqui é bem alto.. só não tem distorção

    eu não tenho dinheiro pra comprar pedal ou amp. por agora.

    Pretendo pegar essa aqui http://www.multisom.com.br/guitarra-strinberg-les-paul-clp-79-branco-2162.html

    Algumas dicas que o senhor poderia me dar?

    Obrigado, e ainda aguardo pelo video

    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo,

      A entrada do Home Theater é para microfone, certo?

      Então, se for, as diferenças de impedância entre guitarra e entrada, podem danificar seu Home Theater, além do som, ser muito inferior ao equipamento próprio para guitarra.

      Hoje em dia, tem amplificadores de estudo baratíssimos, da ordem de R$ 250,00 (Meteoro tem um modelo nesta faixa) e de "brinde" já vem com uma distorção.

      Se você estiver disposto a gastar um pouco mais, tipo uns 500,00-600,00, é possível comprar um Fender Mustang I, que vem com um DSP embutido, com diversos simuladores de amplificadores e outros efeitos. É como se tivesse uma pedaleira dentro do amp.

      Quanto à Les Paul Strinberg, gosto muito dela, acho bem confortável de tocar, e é minha guitarra do dia-a-dia (estudos e ensaio).

      Tenho certeza que você vai adorar esta guitarra, mas você também precisa de um amplificador urgente.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  34. Elvis, sou novo por aqui e estava lendo seu post. Muitos pediram sua opinião entre strimberg e shelter, golden,etc. E quanto a phoenix Les Paul? Alguma vantagem? http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-468938325-guitarra-les-paul-phoenix-superior-shelter-nashville-tagima-_JM#questionText

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde André.

      Bom, não conheço nenhuma guitarra Phoenix. Nunca toquei, nem vi de perto, portanto, não posso falar nada da marca.

      Obrigado por participar.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  35. Adorei o review vou comprar a minha amanhã após 3 meses de pesquisa intensa e queria saber se ela te agradou na versatilidade de timbres passando do mais leve até o mais pesado e detalhes de como são as tarraxas e os controles de volume e tone (acabamento e coisas do tipo)

    Desde já obrigado ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O acabamento (pintura...etc.) é muito bom. Quanto ao timbre é bem classic mesmo. Até rola tocar metal, mas não é a vocação deste modelo.

      Até mais João.

      Elvis Almeida

      Excluir
    2. João Achou ela por um preço bom? Elvis, a unica diferença que vi dela pra Shelter é o braço colado, cara estava pensando em comprar pra tocar na igreja, será que rola? ou melhor uma strato ou superstrato? estou com uma condor rx-30 mas ela já esta bem cansadinha.

      Obrigado

      Excluir
    3. E aí Rafael, tudo bem?

      Rola sim de tocar na igreja.
      A questão é mais de gosto mesmo. Strato com captadores single irão dar um timbre com menos drive porém com mais brilho.

      Isso envolve mais a questão de gosto mesmo.

      Atenciosamente,

      Elvis Almeida

      Excluir
  36. Oi Elvis! Tô pesquisando muito antes de comprar minha primeira guitarra, e talvez essa Strinberg seja uma opção... gostaria de lhe perguntar se é necessário levá-la a um luthier após a compra, e se as cordas dessa guitarra já vem de fábrica muito altas... pretendo comprar aqueles aparelhos que ajudam a afinar a guitarra, será que vou conseguir usar e acertar a afinação de primeira? ou esse e os outros detalhes que falei só podem ser resolvidos com um luthier? Tô com medo disso pq atualmente onde estou morando não há luthiers... então seria um grande problema comprá-la desregulada. Desde já agradeço! Ótimo blog e ótimas resenhas! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo instrumento costuma vir com as oitavas reguladas de fábrica, com raras exceções. Portanto, não é necessário levar a um Luthier a menos que você queira uma regulagem para ajustar ao seu gosto e jeito de tocar, ou se ela chegar com o braço empenado devido ao tensor desregulado (tensor é um parafuso comprido dentro do braço usado para alinhar o braço).

      Quanto à altura das cordas, isto é muito relativo. Tem gente que gosta delas altas e tem gente que gosta dela baixíssima, colada no braço mesmo.

      A regulagem de altura é tão simples de fazer numa Les Paul, que você mesmo irá conseguir regular.

      Se comprar um afinador eletrônico, com certeza você irá conseguir afinar a guita.

      Na dúvida peça ajuda de alguém que já toca e tem experiência.

      Atenciosamente,

      Elvis Almeida

      Excluir
  37. obrigado pela dica. ccomprei uma depois da sua avaliação, vou colocar tarraxas com trava, o que você acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for bem instalada, vai ficar legal.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  38. comprei uma pela sua dica, o que você acha de colocar tarraxas com trava?

    ResponderExcluir
  39. Queria Saber mais sobre a ponte da guitarra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ponte fixa, estilo tune-o-matic.

      Este tipo de ponte é muito fácil de regular.

      Excluir
  40. Obrigado pela resposta! Ontem toquei uma guitarra que a ponte me impressionou muito. Foi a condor XR20. Queria saber se a ponte da strinberg se compara a ponte tremolo condor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neste modelo aqui a ponte é fixa. Outros modelos Strinberg possuem trêmolo.
      São basicamente do mesmo nível, pouca diferença.

      Excluir
  41. Então eu posso comprar uma strinberg Strato com ponte tremolo sem medo de ser inferior a Condor? E mais uma vez, obrigado pelo auxilio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil ficar comparando marcas. Nesta categoria de instrumentos mais acessíveis, encontramos modelos Condor e Strinberg muito legais.
      Cada fabricante tem seu destaque.

      Excluir
  42. qual é melhor a shelter les paul ou essa ae ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em termos de custo-benefício prefiro as Strinberg às SX atuais. Não tive oportunidade de tocar nas antigas Shelter modelo Les Paul.

      Atenciosamente,

      Elvis Almeida

      Excluir
  43. Elvis por favor me diga se o braço dela é mais grosso do que a da Memphis Tagima Les Paul.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cesar, tudo bem?

      Infelizmente, não consigo responder sua dúvida, pois num toquei numa Les Paul Memphis.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  44. Elvis, tenho uma grande dúvida, todos aqui falam que o braço dessa guitarra é confortável. Mas o que seria um braço confortável? Para mim braço confortável é um pouco grosso, estilo Les Paul da Guibson ou um pouquinho só menos grosso com as corriqueiras Ibanez. Braço fino para mim não é confortável. Enfim, como é o braço dessa guitar? fino? grosso? médio?. Desde já abradeço pela resposta que tanto me interessa. Abs. Sérgio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sérgio, tudo bem?
      Este negócio de confortável é relativo. Cada pessoa necessita de uma ergonomia diferente.
      O braço dela poderia ser classificado como médio.
      Fina seria algo do tipo Ibanez, Jackson.
      A propósito, dependendo do ano e modelo da LP Gibson, também há diferença na espessura. Então, o mais recomendável é você experimentar e ver se gosta do braço da Strinberg.
      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
  45. Olá Elvis tudo bem? Meu nome é Joanderson sou de Franca/SP
    Estou interessado em fazer aulas de guitarra, já fiz aula de violão e de contrabaixo que por sinal era um strinberg CLB 19A, mas por conta da faculdade tive de desfazer dele ! Estou vendo este kit aqui na Playtech o que você acha?

    http://www.playtech.com.br/Kit-Strinberg-CLP-79-+-Combo-Onerr-+-Acessorios---Preta-25991.aspx/p
    Aguardo resposta para efetuar a compra, grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joanderson, tudo bem?

      A CLP79 é uma guitarra ótima para iniciantes a intermediários. O amplificador Onner Block eu não conheço pessoalmente, só de vídeos na Internet. É um amp indicado também para estudo.

      Se o preço estiver bom pode ser um ótimo kit para estudos e ensaios.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir
    2. Grato pelas informações Elvis, mas e esse kit o que você me diz a respeito??

      http://www.playtech.com.br/Kit-Shelter-Detroit-+-Onerr-Kratos-+-Acessorios-%E2%80%93-Vinho-23494.aspx/p

      Estou em dúvidas deste aqui também.

      Excluir
    3. O amp deste Kit é mais potente que o outro, mas a guitarra é um pouco inferior.

      Excluir
  46. Muito obrigado, tirou minhas duvidas. Estava em decidindo entre essa guitarra e uma memphis mlp 100

    ResponderExcluir
  47. Ela não está mais custando 500 reais não, ela tá mais cara agora. Lamentável=/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sávio, tudo bem?

      Infelizmente, os instrumentos musicais (na sua maioria) seguem a flutuação do dólar. Isto tudo aliado às mudanças do ICMS paulista (estado que possui as maiores distribuidoras de instrumentos do Brasil) aumentou muito o valor dos instrumentos desde janeiro de 2013.

      Lamento muito isto, pois certamente, não foram os instrumentos que causaram qualquer desequilíbrio na balança comercial. Estamos pagando o preço por governantes inoperantes, que gastam mais com propaganda e ajuda internacional do que na infraestrutura e real desenvolvimento tecnológico.

      Obrigado por participar do nosso portal.

      Excluir
  48. Grande Elvis.
    Parabéns pelo post foi decisivo para comprar minha CLP-79.
    Estou gostando muito dela e gostaria de saber quais upgrades vc recomenda (quais valem a pena custo/benefício), toco bastante metal e classic rock.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, no seu caso e estilo, eu investiria primeiro em tarraxas melhores para deixar a afinação mais precisa e firme, bem como num captador da ponte mais apropriado para Heavy Metal.

      Abraço.

      Excluir
  49. E aee Elvis' A alguns anos atrás eu conversei contigo sobre a minha CLG-45 Fliyng V se valia a pena fazer uns upgrades ou trocar de guitarra, mas ainda estou com ela. Vi essa Strinberg Les Paul em uma loja da minha cidade e fiquei apaixonado nela ai então dai que decidi trocar de guitarra de vez'
    Andei pesquisando ela e me indicaram outras guitarras como a LP da Shelter que dizem ser superiores as da Strinberg e em alguns modelos superiores às guitarras da Epiphone, e depois me indicaram a LP e SG da marca SX que dizem ser de longe bem melhores que a Shelter.
    Podem ser melhores e ter os preços parecidos com o preço que estão pedindo por essa LP da Strinberg aqui da minha cidade que é o valor de R$ 850,00, mas minha cabeça não aceita essas guitarras da Shelter ou da SX, pois não conheço ninguém que tenha e tenho sisma com marca que não conheço de perto!
    Na sua opinião compensa pegar uma Strinberg que é mais conhecida ou comprar uma outra marca que dizem ser superior? Sendo que pretendo vende-la futuramente e comprar uma Tagima K1 e acho que Strinberg seria mais fácil de vender por ser mais conhecida por quem está começando!
    Aguado Resposta!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro John,

      a parte de acabamento, pintura, polimento, aparência, a Strinberg bate de longe as Shelter e SX. O que a Strinberg tem de inferior normalmente são as ferragens. Sempre digo que se a marca investisse nas ferragens (pontes, tarrachas) os seus instrumentos teriam um salto de qualidade.
      Os captadores da Les Paul Strinberg também poderiam ser melhores. Mas a questão é o custo-benefício. Na Playtech, por exemplo, a CLP-79 custa em torno de R$ 600,00 à vista.

      Abraço.

      Excluir
  50. Elvis, ótimo Review! Que perpetua apasar dos anos!

    Cara eu tenho uma pergunta, eu ja toquei profissionalmente, e hoje em dia toco por hobby, e estou afim de comprar essa guitarra, nesse caso eu gostaria de saber se você acha que vale apena trocar os captadores e as ferragens dessa guitarra? Pois pelo que eu vi esses são os pontos fracos dela, e uma vez trocando os mesmos acredito que terei uma ótima guitarra por um preço ainda pequeno, se levando em conseiderção as tops que além da qualidade nós pagamos o nome tmb e com esse valor que o dólar esta não estão nada baratas.

    Desde ja agradeço pela atenção!
    E parabens mais uma vez pelo Review!
    Abrç,
    Ewertom Araujo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ewertom, tudo bem?

      Fico feliz que tenha gostado do Review. As guitarras Strinberg destacam-se pelo custo-benefício...

      Quanto à sua pergunta se vale a pena trocar captadores e ferragens, creio que vai depender de uma série de fatores, tais como:

      a) Primeiro, se você escolheu seu instrumento, testou e curtiu a pegada e acabamento. Isto porque a diferença de um instrumento top e um popular é o controle de qualidade. Portanto é importante que você teste antes de comprar;

      b) também tem que levar em consideração quais ferragens e captadores você irá usar... se for muito top, provavelmente será caro, e pode ser ruim do ponto de vista do investimento. Aí, pode ser mais interessante usar os originais que não são tão ruins. Recomendo trocar as tarrachas, pois as originais desafinam muito.

      c) o modelo da Strinberg também é relevante. Os modelos Strinberg mais baratinhos (EGS e Les Paul) tem acabamento bom para sua categoria, ou seja, instrumento iniciante ao intermediário. Mas outros modelos como a CLG-89T (Tele) tem acabamento muito superior, tornando-os mais atrativos a fazer upgrades. Na minha opinião, o modelo CLG-63 (Axis) também é um instrumento que merece upgrades.

      Concluindo, vai depender muito das variáveis. Na minha modesta opinião, o modelo Tele é tão bem acabado, que valeria trocar os captadores por Fenders Noiseless originais para Tele, colocar tarrachas e uma ponte mais precisa no ajuste, que ao final vc teria um instrumento de altíssimo nível.

      Atensiosamente,

      Elvis Almeida
      http://www.elvisalmeida.com
      http://www.centraldaguitarra.com
      http://www.learngreekmodes.com

      Excluir
  51. Olá, Elvis! Tudo bom? Rapaz, antes de qualquer coisa, eu PRECISO te parabenizar pelo excelente conteúdo que voce gera nesse site e, principalmente, pela atenção que você dá a cada comentário feito. De verdade, os meus parabéns! Agora, eu é que preciso da sua opinião. rsrs' Recentemente, comprei essa Strinberg (sunburst, linda *-*) usada. Ela veio com problemas nos captadores, deixando o som com MUITO ruído, chega a parecer uma distorção leve. Quero trocá-los mas, como sou iniciante, sou totalmente leigo no assunto. Quais captadores voce me indicaria para manter ou até mesmo incrementar essa característica Classic Rock dela? Tambem curto muito um estilo puxado pro Blues. Quais captadores poderiam me ajudar com sons desse gênero?
    Valeu muito pela sua atenção. Sucesso com o novo CD e, mais uma vez, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Daniel, tudo blz?

      Olha... dá uma olhada nos captadores da LDR Pickups, possuem bons timbres e bom preço.

      Abraço.

      Elvis

      Excluir
    2. Fala, Elvis!

      Dei uma olhada nos modelos da LDR e pensei em combinar um Stoner Blues (neck) com um Classic Gold (bridge). Acha que daria um bom resultado? Não sei se você já teve alguma experiência com esses modelos, mas qualquer informação sua será muito bem vinda.

      Valeu de novo!
      Abraço.

      Excluir
    3. E aí Daniel, tudo blz?

      Olha... eu não conheço estes dois modelos a não ser por vídeos. Aliás, o único que conheço é o Black Flame.

      A combinação de ambos parece ser muito interessante para Classic Rock, Blues e Jazz.

      Abraço.

      Excluir
  52. Olá Elvis,
    Já faz três dias que eu comprei a guitarra Les Paul Strinberg CLP-79 preta e é usada, mas ainda não tenho o amplificador, já toco violão a um ano, gosto de hard rock, como Guns N` Roses, estou pensando em trocar as tarrachas...em fim, queria saber quais são os amplificadores, pedais e as tarrachas que seriam bons para meu estilo musical, e que ficasse bom para a Les Paul...
    Um abraço e Vlw!
    Lucas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucas, tudo bem?

      Existem as tarrachas Gotoh, Graphtech e outras que são excelentes.

      Quanto aos pedais, recomendo que se você gosta de GNR que adquira equipamentos semelhantes aos que o Slash usa. Assim, um bom pedal é o Super Overdrive SD-1 da Boss. Quanto ao amplificador, aí a coisa complica um pouco, pois um amplificador com timbre "a la" Slash custa caro. Busque amplificadores na linha do som Marshall.

      Atensiosamente,

      Elvis Almeida
      http://www.elvisalmeida.com
      http://www.centraldaguitarra.com
      http://www.learngreekmodes.com

      Excluir
    2. Boa tarde amigo gostaria de saber se vale pena trocar as ferragens e captadores dela os captadores por malagoli réplica dos Gibson classic 57 (pafs) pra dar uma maior qualidade a ela

      Excluir
    3. Ferragem, principalmente as tarraxas compensa muito. Já os captadores tem que ver. Não consigo opinar sobre os malagoli, pois nunca testei um.

      Abraço.

      Elvis Almeida

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Featured Posts

TV Central do Rock

Uma TV diferente e irreverente. Fique antenado com o que acontece no underground do Rock, bastidores, bandas, shows e eventos independentes.

Notícias

Fique de olho em nossas notícias sobre o mundo Rock. Não deixe de assinar nossos feeds e seguir nossos canais no Facebook e Twitter.

Reviews

Se você é músico, especialmente guitarrista, temos muitos reviews e artigos sobre pedais, amplificadores e guitarras.

Bandas

Entrevistas, releases, shows... etc. Entre em contato e divulgue sua banda também.

 

Opinião

As colunas e artigos deste portal expressam a opinião de seus autores e não necessariamente da Central do Rock.

Copyright

Copyright 2009-2013. Central do Rock (www.centraldorock.com.br). Todos os direitos autorais reservados.

Política de Privacidade

A Central do Rock respeita sua privacidade e seus dados pessoais. Em caso de dúvidas leia atentamente nossa Política de Privacidade.